16 de junho de 2010

REMEXENDO NO PASSADO

Em cima de meu armário guardo meu passado, um acervo de coisinhas antigas: cartinhas, desenhos, fotografias e agendas. Uma época de sonhos, de grandes planos e preocupação zero, a não ser com as provas de física (nunca fui boa nisso e até agora tento entender).
Olhar para 10 anos atrás foi uma sensação muito gostosa, de boas recordações e as vezes um pouco triste. Como o planeta Terra dá zilhões de voltas, minha vida também fez o mesmo. Só de saber que aquela menininha cresceu e com ela uma grande parte da vida também cresceu . Os antigos sonhos foram enterrados para dar espaço aos novos.
A cada página virada da agenda, uma gargalhada das besteiras que escrevia, um choro pela saudade dos bons momentos vividos e as declarações carinhosas dos amigos. Muito do que eu era, continuo sendo: cultivo os mesmos hábitos, amo o frio e admiro canetas coloridas. Meus ídolos ainda são os mesmos "Barão Vermelho", mas era clara a falta de bom senso (foi uma época em que dancei muito "É o Tchan").
Se entrasse na máquina do tempo e voltasse naquela época, daria alguns conselhos para aquela garotinha de 14 anos.... A vida não é tão simples como eu imaginava, nem sempre dá mais pra dizer "vou contar tudo pra mamãe"... As melhores pessoas são as que tem mais e não quem é mais. Se quisermos algo, precisamos correr atrás... As amizades quase nunca são pra sempre, por isso aproveite os bons e velhos amigos eles serão muito importantes em 2010. Muita gente me faria chorar de ódio, de amor, e que eu iria me arrepender de muitas coisas que fiz, mas principalmente das que não fiz. Me alertaria para não deixar os sentimentos me guiarem, um pouco de razão não me fariam mal. Pediria que tivesse mais cautela e deixasse de agradar aos outros, olhar mais para meu caminho será um visão de futuro.

Quanta saudade! Quanta recordação... e o tempo...ah, ele não volta mais!

1 comentários:

Adriana Breanza disse...

Credo, quer fazer as pessoas chorarem? rs

Ai, vc tem toda razão, tempos deliciosos que não voltam mais!